SANCHO

A Sancho Filmes foi criada em 2009 por Michael Wahrmann e desde a estreia de seu primeiro curta, AVÓS (60o Festival Internacional de Berlin – Berlinale 2010), dedica-se principalmente à realização de projetos autorais e independentes. Em 2013, associaram se a Sancho os diretores Bruno (Risas) Rodrigues e Diogo Hayashi. A Sancho vem elaborando e produzindo uma série de novos projetos, muitas vezes através de parcerias com outras produtoras, como a Dezenove Som e Imagens, de Sara Silveira, e Renata Moura. Além dos seus projetos autorais, a Sancho também elabora conteúdo corporativo e cultural sob encomenda.

Através da parceria com a Hora H, de Henrique Ventorin, a Sancho produziu o curta CHORA MENINO, contemplado pelo Edital de Crônicas da Cidade da Prefeitura de São Paulo.

Em parceria com a Outros Filmes, de Otavio Cury a Sancho produziu o longa documentário OAB SP – 80 ANOS DE LUTA, começando assim uma nova experiência com o desenvolvimento de trabalhos voltados para instituições. Juntas, as produtoras produziram o curta UM SAMBA PARA SÃO MATEUS contemplado pelo edital Historias de bairros da Prefeitura de São Paulo.

A Sancho esta finalizando o longa LA KANTUTA, de Júlio Martí, documentário filmado na Bolívia durante as reformas políticas protagonizadas por Evo Morales.

Outro importante parceiro é o diretor e produtor carioca Gustavo Beck, com quem lançamos o último curta metragem de Michael, OMA, premiado como o melhor filme na Semana Paulistana do Curta-Metragem 2011, melhor curta-metragem no 15° Fórum.Doc BH, Melhor Curta no Festival Internacional de Cinema de Las Palmas na Espanha e mais.

Em parceria com a Dezenove Som e Imagens, a Sancho, lançou o primeiro longa metragem de Michael Wahrmann, AVANTI POPOLO, vencedor do Premio de melhor filme na mostra CINEMAXXI do Festival Internacional de Cinema de Roma, Melhor diretor e premio da critica em Brasilia 2013 e outros.  Outro fruto desta parceria é o desenvolvimento do longa metragem, ROSA F.C. (contemplado com o Prêmio de Desenvolvimento de Projeto de Longa-metragem da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo).

Junto com a argentina Kommander de Ivan Granovsky, a Sancho esta desenvolvendo o projeto ONDE MORREM OS ELEFANTES que será co-dirigido por Michael Wahrmann e o critico argentino, Diego Lerer.

Associado a Entre Filmes do diretor Ricardo Alves Jr. a Sancho esta desenvolvendo o primeiro longa do diretor, ELON RABIN NÃO ACREDITA NA MORTE, projeto contemplado pelo premio Hubert Bals.

Outro projeto em desenvolvimento da Sancho é o primeiro longa do novo sócio, Bruno (Risas) Rodrigues, COISAS ESTRANHAS.